O Rapaz do Pijama as Riscas.

“O importante é não desistir.”

(É interessante tentar arranjar uma forma de começar quando estamos conscientes de que é este o último esboço. Procuram-se termos e palavras que facilitem o processo, mas o sentimento que elas devem transparecer é só um, e devem dedicar-se a imortalizar o final, o meio e o princípio das coisas, das palavras e dos tempos. Este começo respeita essa lógica.)

Já não existem mais tempos nem verdades como existiam,desfiguraram-se ou foram propositadamente desfiguradas por quem não soube lidar com elas.

Aquilo que é principal e que mais nos ocupa, pelo menos naqueles que encaixo na maioria dos iguais, é ter o prazer de ter. Ter o prazer de dizer eu tenho e ter o prazer de dizer eu tenho como quero. Nesses melindrosos pensamentos raramente existe lugar para um toque espelhado de memórias ou muitas vezes simplesmente das acções dos outros. Fazemos não um reset, mas sim um forget muito rápido do dia anterior, usamos metáforas e verdades falsificadas de verdades de forma a tornear a questão e fazê-la parecer mais suave.

Somos humanamente racionais ao ponto de o fazer-mos despropositadamente e ingenuamente.

Não acho que a palavra arrepender deve-se constar no dicionário do Querer, mas somente no do Errar.

Não se arrependam porque unicamente quiseram, pois reconhecem que não há maior do que o desejo de ver a felicidade no rosto daquela pessoa.

Não se arrependam porque o fizeram simplesmente, ou porque era aquilo que queriam fazer, simplesmente também.

Não se arrependam porque também vocês entraram no barco dos corações vermelhos e desembarcaram no horizonte da felicidade.(ou pretendiam-no)

Não se arrependam mesmo que vos façam arrepender e mesmo que a única coisa que tivessem feito até esse momento tenha sido pensar, idealizar e desenhar.

Não se arrependam, também, de ao fazerem, receberem um mau trato, um não, um vai embora, um não quero.

Não se arrependam se o fizerem até somente pelo vosso e por outro coração.

Não se arrependam mesmo que tenham de lutar numa batalha onde a maior arma que têm é igual a mais pequena do vosso inimigo.

Não se arrependam mesmo que saibam que não valeu a pena terem feito, e muito menos deixem que vos façam arrepender por o terem feito.

Simplesmente não, não se arrependam quando têm a certeza de que jamais estariam com intenção de criar um problema. Não o façam, não o façam também quando estão certos, (e outros desconfiados), de que só querem ver um sorriso, uma expressão de felicidade, um sentimento de orgulho, uma palavra de enaltecimento, um gesto de ternura e carinho e nada mais.

E não se arrependam de verdade, levem-no para longe, matem-no a nascença, mas não o deixem florescer…

Lutem, lutem por vós, lutem pelo que acreditam, lutem em especial por aquilo que não acreditam mas que querem. Mais do que ser importante não desistir, é querer. Eu sempre quis, sempre e sempre, e isso é que me fez nunca desistir. A injustiça apareceu como aparece sempre nestas alturas, com especial pendor para um dos lados. E porque tu não quises-te desistir, mas quises-te deixar de querer ela pendeu para o meu.

Por minha vontade hoje sabia metade daquilo que sei, se assim fosse estava feliz. Mas agora sei que afinal é importante de verdade e que está bem acima daquilo que consegui eu próprio colher.

Não me arrependo de o saber, mas não se escondem palavras atrás de palavras porque elas podem ser opacas.

Um dia também vais descobrir, como a mim me aconteceu, que na verdade só perdemos alguém quando esse alguém é muito importante. E esse dia não é amanhã.

É o final, é aqui que acaba, não há mais palavras.

Não há mais a fazer, nem a dizer.

Haverá sim a felicidade daqueles quem em conjunto lutam por ela, daqueles que superam diferenças, distâncias e dificuldades juntos, desses que se amam.

É um pedido, um desejo que se quer concedido.

Que sejam felizes aqueles que lêem e sabem ler as linhas e as entre-linhas.

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s